HOMES E CONTATOS
 ATUALIZAÇÕES DO SITE
M E U S  A R T I G O S
MINHAS ATIVIDADES
ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA
 A U F A T I
CINEMA/TEATRO/VÍDEO
CONTRIB.,ARTIGOS,REPORT.
DIA INTERN. IDOSO
EDUCAÇÃO a DISTÂNCIA
EMPREGOS - OFERTAS
EMPREGOS PARA 3ª IDADE
ENVELHECIMENTO
EVENTOS,CURSOS,CONGRES.
F A M A
FARMÁCIAS ALTO CUSTO-Ends.
GOVERNO E COMUNIDADE
LEIS e PUBLICAÇÕES
L I V R O S
MÉDICOS E CLÍNICAS
M E N S A G E N S
MINIST. DA SAÚDE e SITES
OFTALMOLOGISTA
ODONTOGERIATRIA:O QUE É?
ODONTOGERIATRIA
P E S Q U I S A
PORTAL DO CONSUMIDOR
R E C E I T A S
REMÉDIOS GRATUITOS
SAÚDE E ATIVIDADE FÍSICA
21 de setembro...
Água e Envelhecimento
Alergia tem cura sim
Alterar hábito após 60...
Analgésicos fatais
Antidepressivo não normal...
ANVISA alerta sobre...
ANVISA proibe
ANVISA suspende remédio
Artrite e o chá verde
Asma, Bronquite e Rinite
AVC uma doença desconhecida
Boa postura evita dor ...
Bulas de remédio
Cancer de mama...
Cartilha Direito à Saúde
Comer demais causa doença
Como ultrapassar 100 anos
Criança muito iodo
Dengue cresce 45%
Dicas
Dieta x Cérebro
Doença de Parkinson
Doses DMAE e efeito inverso
ENXAQUECA TEM CURA
Genérico x Similar
Hidrovitalis-A terapêutica...
Incontinência Urinária
Menopausa
OMS ALERTA...
Ortomolecular e Rep.Hormonal
Perigo automedicação
Portador de obsessão tem...
Reações alérgicas afetam SN e comp.
Refrigerante e Saúde bucal...
Retenção de líquidos....
Sal aumenta a pressão...
Sardinha é o peixe
Saúde e Direito Humano
Sem tempo ou $ para malhar?
Suspensões:medicamentos...
Terapia do abraço
Trabalhar sentado também...
Transgênicos
Tratamento Oncológico GRÁTIS
Trombose Venosa Profunda
Vacinação Gripe 2009
SEU CURRICULO
S I T E S
SOC. BRAS. ASMÁTICO
UTILIDADE PÚBLICA
A R Q U I V O
LIVROS DE VISITAS/FORUM
   
 



 

O Dia Mundial da Doença de Alzheimer acontece em 21 de setembro, próxima sexta-feira. Nossa sugestão é aproveitar a data para abordar um tema de grande interesse para a população em geral e, em particular, para a população idosa.

 

Atualmente, cerca de 7% da população mundial acima dos 65 anos sofre da doença de Alzheimer, de acordo com a American Alzheimer’s Association. Aos 85 anos, essa porcentagem é acima de 35%. Somente no Brasil, mais de um milhão de idosos acima dos 60 anos já desenvolveram a doença de Alzheimer, segundo a Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz).

 

Até 2025 o Brasil terá cerca de 34 milhões de pessoas nessa faixa etária, que representarão quase 15% da população. Esse aumento está diretamente relacionado à elevação da expectativa de vida e à diminuição da taxa de mortalidade. “Atualmente as pessoas têm mais acesso à medicina e vivem mais. A expectativa de vida do brasileiro vem crescendo, censo após censo, e isso gera aumento da demanda de cuidados com a saúde” explica o Dr. Paulo Renato Canineu, médico geriatra e gerontólogo, diretor científico do Hiléa, um dos mais respeitados especialistas brasileiros no atendimento a doentes de Alzheimer.

 

A doença de Alzheimer é um processo degenerativo do cérebro. “Aos poucos o indivíduo vai diminuindo algumas de suas capacidades cognitivas e até motoras. A memória é afetada e atividades simples do dia-dia, como ir ao supermercado, são prejudicadas. Com isso a pessoa perde a liberdade, perde qualidade de vida” esclarece o gerontólogo.

 

“Novas formas de tratamento para a doença de Alzheimer são capazes hoje de oferecer qualidade de vida tanto para o paciente, quanto para a família do paciente. A abordagem não farmacológica combinada, desde o diagnóstico, aos tratamentos tradicionais (farmacológicos), podem contribuir para o bem-estar do demenciado. A alimentação, a arquitetura do ambiente e a arte, seja a música, a pintura ou a escultura, bem como a melhor orientação do cuidador e da família”, exemplifica o médico.

 

A doença de Alzheimer não tem cura e representa uma incógnita para a ciência. Nossa sugestão, portanto, é que em função do Dia Mundial da Doença de Alzheimer seja composto um panorama sobre essa moléstia que afeta uma grande parcela da população idosa e oferecemos como fonte de informação o médico geriatra e gerontólogo, Dr. Paulo Renato Canineu. Ele é especialista no assunto e ocupa cadeira de Diretor Científico do Hiléa (primeiro centro de vivência e desenvolvimento para idosos, que no próximo dia 29 de setembro de 2007 inaugura sua primeira unidade, na cidade de São Paulo).

 

Perfil Dr. Paulo Renato Canineu

Médico formado pela PUC-SP, com título de especialista em geriatria e gerontologia pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia e título de especialista em cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Pós-graduado em geriatria pela PUC-RS, é mestre em ciências biológicas pela PUC-SP e doutor em Educação e Gerontologia pela UNICAMP. Diretor da Clínica Paulo Canineu e da Casa de Idosos Aldeia de Emaús, ambos em Sorocaba. Atualmente é professor do curso de pós-graduação em gerontologia da PUC-SP e membro efetivo da Câmara Técnica de geriatria do CRM-SP.

 

Informações à imprensa:

A4 Comunicação | Fone 11 3897 4122

André Degasperi | andredegasperi@a4com.com.br

Érica Sato | ericasato@a4com.com.br