HOMES E CONTATOS
 ATUALIZAÇÕES DO SITE
M E U S  A R T I G O S
MINHAS ATIVIDADES
ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA
 A U F A T I
CINEMA/TEATRO/VÍDEO
CONTRIB.,ARTIGOS,REPORT.
DIA INTERN. IDOSO
EDUCAÇÃO a DISTÂNCIA
EMPREGOS - OFERTAS
EMPREGOS PARA 3ª IDADE
ENVELHECIMENTO
EVENTOS,CURSOS,CONGRES.
F A M A
FARMÁCIAS ALTO CUSTO-Ends.
GOVERNO E COMUNIDADE
LEIS e PUBLICAÇÕES
L I V R O S
MÉDICOS E CLÍNICAS
M E N S A G E N S
MINIST. DA SAÚDE e SITES
OFTALMOLOGISTA
ODONTOGERIATRIA:O QUE É?
ODONTOGERIATRIA
P E S Q U I S A
PORTAL DO CONSUMIDOR
Boletim Idec Plano Saúde
Carro:chip poderá cair preço...
Casa própria em 30 anos
Celulares:Planos mais econômicos
Cláusula Abuso Plano Saúde
Como avaliar se imóvel...
Como limpar seu nome...
Como reduzir valor conta...
Consumidor deve receber...
Consumidor tem direito...
Crédito Imobiliário:riscos
Débito indevido na conta
DETRANS serão obrigados...
Direito de se arrepender...
Embalagens de medicamentos
Esperança do consumidor
Financiamento...
Inadimplência:aprenda...
Inadimplente:você conhece..
INSS novas mudanças
IPVA
MARCA PRÓRPIA - Produtos
Novo Plano de Saúde
Operadoras não podem...
Pagar a prazo e compra impulso
Pagar pela Internet
Para que você não seja...
Planos de Saúde
Procon alerta...
Quase metade das cçs...
Querem revogar Cód. Def.Consumidor
Recall é direito do consumidor
Segurança:conheça os...
Serviço mal prestado
Tarifas bancárias:6 principais...
TV Digital...
R E C E I T A S
REMÉDIOS GRATUITOS
SAÚDE E ATIVIDADE FÍSICA
SEU CURRICULO
S I T E S
SOC. BRAS. ASMÁTICO
UTILIDADE PÚBLICA
A R Q U I V O
LIVROS DE VISITAS/FORUM
   
 


Suas contas: aprenda dez passos para evitar a inadimplência
25/5/2007


SÃO PAULO - Para a maioria das pessoas, não há nada pior do que ficar inadimplente. Isso porque, além das cobranças telefônicas e por meio de cartas, ficamos impedidos de fazer novas aquisições a prazo e, até mesmo,, de alugar um imóvel.

Por conta disso, todo o cuidado com as finanças é pouco: com apenas um pequeno descuido ou gasto extra já é possível ter um cheque devolvido, ficar com uma parcela sem pagar e, conseqüentemente, ser incluído em algum banco de "maus pagadores".

Dez passos para não cair nessa armadilha
Como não existe fórmula mágica para melhorar de vida, é preciso muita disciplina e força de vontade para se livrar das dívidas e conquistar a tão sonhada estabilidade financeira:

Consciência: em primeiro lugar, é preciso se conscientizar que o dinheiro não é elástico. Por isso, é imprescindível guardar uma parte dele todos os meses, já que nós somos os únicos responsáveis pelo nosso futuro;

Análise: o segundo passo é juntar todas as pessoas da casa e levantar todos os gastos realizados, por menores que sejam. Depois, é hora de fazer os ajustes e decidir o que deve ser cortado e quanto deve ser guardado;

Metas: em um terceiro momento, as pessoas devem traçar os objetivos a serem seguidos a curto, médio e longo prazo. Aqui, é importante ser realista, para que tudo possa ser comprido corretamente;

Controle: em quarto lugar, deixe de consumir em excesso e sem necessidade. Uma dica é sair de casa com pouco dinheiro e sem os cartões de crédito e débito e com apenas uma folha de cheque, para uma eventual emergência;

Economia: como poupar é bom em qualquer ocasião, comece a economizar nas pequenas coisas, como telefone, água, gás, luz, gasolina, comida etc. E sempre que perceber que ainda dá para diminuir o consumo, faça isso;

Cuidado com o cheque especial: por conta das altas taxas de juros cobradas, é preciso muita atenção para não entrar em uma roubada. Lembre-se de que ele não faz parte da sua renda e que só deve ser usado em casos de emergência;

Atenção com o cartão de crédito: tudo o que for gasto no cartão deve ser incluído no orçamento, o que evita que você se descontrole e acabe pagando menos que o total da fatura. Assim como no cheque especial, o limite do plástico não deve ser incluído em seu orçamento;

Corte despesas: o oitavo passo é diminuir os gastos supérfluos, como idas ao restaurante, cinema etc. No entanto, é preciso pesar bem as escolhas para não ficar infeliz e se afastar demais das pessoas;

Organize-se: em nono lugar, elabore um orçamento doméstico, listando todas as despesas (incluindo eventuais dívidas que estão sendo pagas) e receitas. O ideal é que sobre dinheiro!

Reserva: por fim, passe a guardar uma quantia todos os meses. Depois de algum tempo, você verá o dinheiro acumulado e tomará gosto pelo hábito da poupança.Infomoney

Nossas notícias são retiradas na íntegra dos sites de nossos parceiros. Por esse motivo, não podemos alterar o conteúdo das mesmas até em casos de erros de digitação