HOMES E CONTATOS
 ATUALIZAÇÕES DO SITE
M E U S  A R T I G O S
MINHAS ATIVIDADES
ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA
 A U F A T I
CINEMA/TEATRO/VÍDEO
CONTRIB.,ARTIGOS,REPORT.
DIA INTERN. IDOSO
EDUCAÇÃO a DISTÂNCIA
EMPREGOS - OFERTAS
EMPREGOS PARA 3ª IDADE
ENVELHECIMENTO
EVENTOS,CURSOS,CONGRES.
F A M A
FARMÁCIAS ALTO CUSTO-Ends.
GOVERNO E COMUNIDADE
LEIS e PUBLICAÇÕES
L I V R O S
MÉDICOS E CLÍNICAS
M E N S A G E N S
MINIST. DA SAÚDE e SITES
OFTALMOLOGISTA
ODONTOGERIATRIA:O QUE É?
ODONTOGERIATRIA
P E S Q U I S A
PORTAL DO CONSUMIDOR
Boletim Idec Plano Saúde
Carro:chip poderá cair preço...
Casa própria em 30 anos
Celulares:Planos mais econômicos
Cláusula Abuso Plano Saúde
Como avaliar se imóvel...
Como limpar seu nome...
Como reduzir valor conta...
Consumidor deve receber...
Consumidor tem direito...
Crédito Imobiliário:riscos
Débito indevido na conta
DETRANS serão obrigados...
Direito de se arrepender...
Embalagens de medicamentos
Esperança do consumidor
Financiamento...
Inadimplência:aprenda...
Inadimplente:você conhece..
INSS novas mudanças
IPVA
MARCA PRÓRPIA - Produtos
Novo Plano de Saúde
Operadoras não podem...
Pagar a prazo e compra impulso
Pagar pela Internet
Para que você não seja...
Planos de Saúde
Procon alerta...
Quase metade das cçs...
Querem revogar Cód. Def.Consumidor
Recall é direito do consumidor
Segurança:conheça os...
Serviço mal prestado
Tarifas bancárias:6 principais...
TV Digital...
R E C E I T A S
REMÉDIOS GRATUITOS
SAÚDE E ATIVIDADE FÍSICA
SEU CURRICULO
S I T E S
SOC. BRAS. ASMÁTICO
UTILIDADE PÚBLICA
A R Q U I V O
LIVROS DE VISITAS/FORUM
   
 


Notícias


Dinheiro protegido: dicas de segurança ao pagar contas pela internet
6/7/2007


Facilidade e comodidade. É por estes motivos, principalmente, que a população mundial decide pagar as contas pela internet. No Brasil, segundo dados da Febraban, o número de clientes de internet banking cresceu 3,9% entre 2005 e 2006: de 26,3 milhões para 27,3 milhões.

Nos Estados Unidos, por exemplo, a porcentagem de pessoas que quitam os débitos pela internet já superou a de clientes que pagam com dinheiro: 39% pela rede ante 34% com o papel, de acordo com dados da Harris Interactive e The Marketing Workshop.

Apesar destas vantagens, existe um fator negativo que pesa na hora da escolha do consumidor de contar com a rede para deixar em dia seus débitos: a segurança. E para garanti-la, não basta que os bancos invistam em ferramentas e tecnologia para evitar as fraudes, é preciso que o próprio cliente tome algumas atitudes para proteção de seu dinheiro. Veja algumas delas abaixo.

Priorize seu banco

Uma primeira dica, e a mais importante, é que os débitos devem ser pagos no banco em que possui conta. Escolha apenas um deles, se for cliente de mais de uma instituição, para realizar o pagamento das contas pela internet.

Isto porque, se você usar seus dados em mais de uma instituição, as chances de estas informações serem violadas e de os bancos perderem seus dados aumentam. Escolha um banco que garante que todos os pagamentos sejam feitos no prazo.

Cuidado com a senha

Crie uma senha resistente a fraudes somente para pagamento de contas pela internet. Use oito caracteres, entre eles letras maiúsculas e minúsculas e números. Não se esqueça de símbolos, como o underline (_).

Evite palavras ligadas a você, como o nome de seu filho e sobrenome, por exemplo. Datas de aniversário e comemorativas, como o dia de seu casamento, também não devem ser usadas.

Transações

Sempre cheque sua conta mensalmente, ou melhor, semanalmente, para reconhecer possíveis movimentações estranhas. Quando for realizar a transação, feche qualquer outra janela e deixe somente as necessárias abertas. Não deixe rastros!

Nunca caia na armadilha de clicar em algum link de e-mail que afirme levá-lo a sua conta. Estes endereços podem pertencer a sites fraudulentos que aplicam estes golpes para conseguir informações dos usuários.  Fonte: Consumidor-RS Nossas notícias são retiradas na íntegra dos sites de nossos parceiros. Por esse motivo, não podemos alterar o conteúdo das mesmas até em casos de erros de digitação.