HOMES E CONTATOS
 ATUALIZAÇÕES DO SITE
M E U S  A R T I G O S
MINHAS ATIVIDADES
ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA
 A U F A T I
CINEMA/TEATRO/VÍDEO
CONTRIB.,ARTIGOS,REPORT.
DIA INTERN. IDOSO
EDUCAÇÃO a DISTÂNCIA
EMPREGOS - OFERTAS
EMPREGOS PARA 3ª IDADE
ENVELHECIMENTO
EVENTOS,CURSOS,CONGRES.
F A M A
FARMÁCIAS ALTO CUSTO-Ends.
GOVERNO E COMUNIDADE
LEIS e PUBLICAÇÕES
L I V R O S
MÉDICOS E CLÍNICAS
M E N S A G E N S
MINIST. DA SAÚDE e SITES
Carta dos direitos dos usuários...
Direitos do Paciente
Obtenção Medicamentos
Notícias Saúde
Política Nacional Saúde
SUS
OFTALMOLOGISTA
ODONTOGERIATRIA:O QUE É?
ODONTOGERIATRIA
P E S Q U I S A
PORTAL DO CONSUMIDOR
R E C E I T A S
REMÉDIOS GRATUITOS
SAÚDE E ATIVIDADE FÍSICA
SEU CURRICULO
S I T E S
SOC. BRAS. ASMÁTICO
UTILIDADE PÚBLICA
A R Q U I V O
LIVROS DE VISITAS/FORUM
   
 



Quarta, 18 de outubro de 2006, 17h44  Atualizada às 19h14
CIDADANIA
 

Quarta, 18 de outubro de 2006, 17h44  Atualizada às 19h14
Karine Melo
Direto de Brasília
 

Sem fazer menção, mas visivelmente animado com o resultado das últimas pesquisas de intenção de voto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comandou nesta tarde, no Palácio do Planalto, uma cerimônia para lançamento da política nacional de saúde da pessoa idosa. O presidente destacou as ações do governo em benefício da população com mais de 60 anos, entre elas o Estatuto do Idoso e também o programa de farmácias populares. Durante o anúncio das medidas, Lula divertiu os idosos que lotaram o salão onde foi realizado o evento ao dizer que, como vai completar 61 anos no dia 27, podia falar como porta-voz da terceira idade. O governo lançou hoje duas ações para atendimento ao idoso: a internação domiciliar no Sistema Único de Saúde (SUS) e a caderneta de saúde da pessoa idosa.

Internação domiciliar
O atendimento será realizado por equipes formadas por um médico, um enfermeiro e um auxiliar ou técnico em enfermagem que farão visitas periódicas aos pacientes em suas casas.

Neste ano, com a publicação que institui a política, a expectativa é que sejam constituídas cem equipes. O Ministério da Saúde estima investimento de R$ 50 milhões neste ano.

Caderneta
Lula também anunciou a caderneta de saúde da pessoa idosa, que vai funcionar como a da vacinação das crianças. Para os idosos, o objetivo da caderneta é servir como documento que o idoso deve sempre portar, principalmente quando for se consultar ou quando for aos postos de vacinação.

A caderneta vai incluir dados básicos de identificação do portador, entre eles nome e endereço, como ela é conhecida na comunidade onde vive, número do documento de identidade e tipo sangüíneo. Traz também detalhes sobre hábitos de vida e além disso informações de ocorrências de quedas, internações, atuais problemas de saúde, medicamentos que usa e possíveis alergias.

O presidente Lula reclamou várias vezes na cerimônia de não poder mostrar a caderneta dele por causa da lei eleitoral.
 
Redação Terra